quinta-feira, 1 de fevereiro de 2018

isso não é um conto de fadas


Essa não é uma história sobre princesas, príncipes, nem rainhas e reis. Também não aconteceu num reino muito distante, nem num tempo desconhecido. Essa história não é sobre mim, mas poderia ser sobre você, poderia ser sobre seu vizinho, ou sua vizinha, ou uma amiga, um conhecido... 
Essa história é sobre uma criança que nasceu inesperadamente em uma família bem grande. 
Infelizmente o pai dessa criança desapareceu. 
Essa criança tinha dois padrinhos e duas madrinhas, que não eram fadas e nem bruxas, muito menos sabiam alguma coisa de magia. Além das madrinhas e padrinhos, essa criança tinha tios e tias e avós. Mesmo que seu pai tivesse desaparecido, essa criança tinha principalmente sua mãe e sua irmã do seu lado. 
Essa criança cresceu com todo amor do mundo. Essa criança aprendeu a falar. Essa criança aprendeu a ler. Essa criança aprendeu a escrever. Essa criança aprendeu a ter dúvidas. 
Um dia essa criança vai se perguntar por que seu pai desapareceu. 
Ninguém vai ter uma resposta, afinal sua família tem amor de sobra e também não consegue entender o porquê disso acontecer... 
Essa criança vai se tornar adolescente e pode ser que um dia tenha algumas crises existenciais e algumas revoltas em consequência de algumas ausências... 
Mas sua família inteira vai estar do seu lado. 
Esse futuro adolescente vai entender que as ausências são inevitáveis e que as perdas vão continuar acontecendo na vida de todo mundo. 
O que a sua família quer que esse futuro adolescente e futuro adulto entenda e sinta é que desde que aquela criança nasceu sempre será amada, que a sua família é completa mesmo que não seja igual às outras, que o amor está ali independentemente das ausências. 

As crianças continuarão existindo, independentemente do desaparecimento de seus pais. 

Essa história não é sobre alguém especificamente, mas poderia ser. 

Essa não é uma história com ou sem final feliz, porque não é uma história que tenha fim... 


------
O desenho que ilustra e inspirou essa história foi feito pelo meu afilhado, de 7 anos  <3